...Que Deus lhe de em DOBRO tudo o que me desejar!!!

ॐ O DEUS em meu coração saúda o DEUS em seu coração..seja você quem for!!! O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você!.. O Deus que há em mim saúda o Deus que há em ti!.. O Espírito em mim reconhece o mesmo Espírito em você!.. A minha essência saúda a sua essência!!








sábado, 31 de dezembro de 2011

"Quando você não pode olhar dentro da alma de alguém....

.... tente ir embora e depois voltar" 
   Boris Pasternak



"Apenas hábitos mentais se interpõem entre você e a pessoa que anseia ser ou a vida que espera construir."

Adormeço o ano que passou e preparo-me para acordar o que vai chegar. Estou pronta para rebentar as águas do passado e ter um novo futuro..E o que é o Futuro? Senão uma nova oportunidade de reescrever a nossa história?
E o que é o passado, senão uma história valiosa, que representa a nossa vitória de ter chegado ao presente?
Há quem diga que não há tempo, que tudo acontece ao mesmo tempo, numa espiral que se contraí e se expande, como todos os movimentos da terra e do nosso corpo.
Quando se expande, temos a sensação de que estamos a caminhar para algo maior, quando se contraí, podemos sentir o aperto que esse movimento nos provoca.
Eu não sei quase nada, se há tempo, ou se o tempo há-de.
Não sei se vivemos ou se imaginamos que é vida o que sentimos. Para o novo ano, desejo apenas, não desejar.
Aceitar o que a vida me oferecer e que eu encontre nisso todo o prazer, que só é possível a quem não teme o viver.
Contemplar e celebrar cada instante e sentir a paz que trás o luar, numa noite ás vezes esquecida.
Viver intensamente cada respiração e estar sem presente, sem necessidade de ter razão. Que o novo ano me renove e que eu possa renovar e glorificar cada ação.
Desejo acordar todos os dias, com menos vontade de desejar e cheia de vontade de amar.
Serei o melhor e aceitarei que cada presente, é uma folha de rascunho para treinar o esboço dos planos para o futuro.

Abraços fraternos

Feliz vida nova,feliz ano de 2012!!!

 Muitas vezes, temos que parar de pedir a Deus o que queremos, para aceitar, de bom grado, o que merecemos... Pois quando oramos, dizemos:
Que seja feita a Tua vontade!


"Desaprender para aprender. Deletar para escrever em cima. Houve um tempo em que eu pensava que, para isso, seria preciso nascer de novo, mas hoje sei que dá pra renascer várias vezes nesta mesma vida. Basta desaprender o receio de mudar".
(Salete Hübner)


 Que o caminho venha ao teu encontro.
 Que a chuva caia suave sobre teus campos.
 E até que voltemos a nos encontrar, que Deus te sustente suavemente  na palma de sua mão.
 Que vivas todo o tempo que quiseres e que sempre possas viver plenamente. Que o dia mais triste de teu futuro não seja pior que o dia mais feliz de teu passado.
 Que sempre tenhas palavras cálidas em um anoitecer frio, uma lua cheia em uma noite escura, e que o caminho sempre se abra à tua porta. Que o Senhor te guarde em sua mão, e não aperte muito seus dedos.
Que os problemas te abandonem, os anjos te protejam, e o céu te acolha... Que Deus esteja contigo e te abençoe, que vejas os filhos de teus filhos, que o infortúnio te seja breve e te deixe rico de bênçãos. Que não conheças nada além da felicidade, deste dia em diante.
 Que Deus te conceda muitos anos de vida...
e assim seja a cada ano, para sempre.


"Fico tão cansada às vezes, e digo pra mim mesma que está errado, que não é assim, que não é este o tempo, que não é este o lugar, que não é esta a vida. E fumo, e fico horas sem pensar absolutamente nada: (...)
Claro, é preciso julgar a si próprio com o máximo de rigidez, mas não sei se você concorda, as coisas por natureza já são tão duras para mim que não me acho no direito de endurecê-las ainda mais.
Natural é as pessoas se encontrarem e se perderem"
  CFA



"Mas já que se há de escrever, que ao menos não se esmaguem com palavras as entrelinhas. O melhor ainda não foi escrito. O melhor está nas entrelinhas"
(Clarice Lispector)



A Lenda da Caridade


Médium: Chico Xavier Autor: Meimei

Diz interessante lenda do Plano Espiritual que, a princípio, no mundo se espalham milhares de grupos humanos, nas extensas povoações da Terra.

O Senhor endereçava incessantes mensagens de paz e bondade às criaturas, entretanto, a maioria de desgarrou no egoísmo e no orgulho.

A crueldade agravava-se, o ódio explodia...

Diligenciando solução ao problema, o Celeste Amigo chamou o Anjo Justiça que entrou, em campo e, de imediato, inventou o sofrimento.

Os culpados passaram a resgatar, os próprios delitos, a preço de enormes padecimentos.

O Senhor aprovou os métodos da Justiça que reconheceu indispensáveis ao equilíbrio da Lei, no entanto, desejava encontrar um caminho menos espinhoso para a transformação dos espíritos sediados na Terra, já que a dor deixava comumente um rescaldo de angústia a gerar novos e pesados conflitos.

O Divino Companheiro solicitou concurso ao Anjo Verdade que estabeleceu, para logo, os princípios da advertência.

Tribunas foram erguidas, por toda parte, e os estudiosos do relacionamento humano começaram a pregar sobre os efeitos doma ledo bem, compelindo os ouvintes à aceitação da realidade.

Ainda assim, conquanto a excelência das lições propagadas repontavam dúvidas em torno dos ensinamentos de virtude, suscitando atrasos altamente prejudiciais aos mecanismos da elevação espiritual.

O Senhor apoiou a execução dos planos ideados pelo Anjo da Verdade, observando que as multidões terrestres não deveriam viver ignorando o próprio destino.

No entanto, a compadecer-se dos homens que necessitavam reforma íntima sem saberem disso, solicitou cooperação do Anjo do Amor, à busca de algum recurso que facilitasse a jornada dos seus tutelados para os Cimos da Vida.

O novo emissário criou a caridade e iniciou-se profunda transubstanciação de valores.

Nem todas as criaturas lhe admitiam o convite e permaneciam, na retaguarda, matriculados ns tarefas da Justiça e da Verdade, das quais hauriam a mudança benemérita, em mais longo prazo, mas todas aquelas criaturas que lhe atenderam as petições, passaram a ver e auxiliar doentes p obsessos, paralíticos e mutilados, cegos e infelizes, os largados à rua e os sem ninguém.

O contato recíproco gerou precioso câmbio espiritual.

Quantos conduziam alimento e agasalho, carinho e remédio para os companheiros infortunados recebiam deles, em troca, os dons da paciência e da compreensão, da tolerância e da humildade e, sem maiores obstáculos, descobriram a estrada para a convivência com os Céus.

O Senhor louvou a caridade, nela reconhecendo o mais importante processo de orientação e sublimação, a benefício de quantos usufruem a escola da Terra.

Desde então, funcionam, no mundo, o sofrimento, podando as arestas dos companheiros revoltados: a doutrinação informando aos espíritos indecisos quanto às melhores sendas de ascensão às Bênçãos Divinas; e a caridade iluminando a quantos consagram ao amor pelos semelhantes, redimindo sentimentos e elevando almas, porque, acima de todas as forças que renovam os rumos da criatura, nos caminhos, humanos, a caridade é a mais vigorosa, perante Deus, porque é a única que atravessa as barreiras da inteligência e alcança os domínios do coração.