...Que Deus lhe de em DOBRO tudo o que me desejar!!!

ॐ O DEUS em meu coração saúda o DEUS em seu coração..seja você quem for!!! O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você!.. O Deus que há em mim saúda o Deus que há em ti!.. O Espírito em mim reconhece o mesmo Espírito em você!.. A minha essência saúda a sua essência!!








terça-feira, 13 de março de 2012

Me descubra!!!




Sou uma boba iludida. Olho as comédias românticas e fico me colocando no lugar do personagem principal, fico sonhando e imaginando quando acontecerá o mesmo comigo. Choro ao ver filmes tristes, aliás choro ao extremo, por qualquer coisa. Choro por alegrias, tristezas, angustias, animações.. Rio como uma desajeitada, danço como uma bêbada, faço caretas como uma louca. Tenho.. Digamos uma personalidade meio que difícil, e bom, não pretendo mudá-la por nada. Sou tímida, é, tímida ao extremo, e digamos que você terá que me descobrir aos poucos; não sou indecifrável, é só ter paciência. Tenhos poucos amigos, mas os poucos acho eu que são insubstituíveis. Procuro sempre falar a verdade, mas não me culpe se uma mentirinha escapar, é uma tentação. Sou um livro aberto, mas por precaução tenha sempre a chave do meu coração em sua mãos. Tenho medo de tantas coisas ridículas, que às vezes me pergunto qual a minha idade. Um bom caráter, um belo sorriso e um olhar sedutor podem me fisgar de vez. Confusão? Hmm, é comigo mesmo. Sou confusa ao extremo, me dê um tempo para pensar, se quiser alguma resposta. Tenho um auto-controle do caramba, mas me pertube muito para ver se ele dura.. Sou sensível, meu coração pode não ser de vidro, mas ele quebra, e isso não é muito difícil.. Não queira me conhecer totalmente, deixa comigo que eu te mostro a parte de mim que eu conheço. E bom, essa por enquanto é a parte conhecida…
Louise Colchete


Queria ter nascido na época errada, onde o eu te amo não eram meras palavras, o cavalherismo não era clichê. A qualidade das pessoas não se definia pela aparência. Onde o beijo na testa e buquês de rosas não eram atitudes banais. Queria viver na época em que não era preciso usar micro-shorts para encantar os homens, onde um simples e humilde sorriso já bastava. 
 Queria Viver na época em que o romantismo ainda estava no ar..
Louise Colchete

Nenhum comentário:

Postar um comentário